Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sara in Wonderland

Sab | 17.01.15

A Capuchinho Vermelho dava uma história de Terror!

No meio de tantas histórias infantis que conto aos meus meninos, a história do Capuchinho Vermelho é a minha favorita. Não sei o porquê mas a história, a mensagem e... pronto, admito! O capuchinho, adoro a roupa do capuchinho e se fosse uma pessoa de me mascarar no carnaval, esta seria uma das máscaras que gostava de ter. Bem, na verdade é que este ano irei mascarar-me no colégio mas isso é segredo no que irei me mascarar.

Houve um dia que estava a reler o meu livro deste mesmo conto - Capuchinho Vermelho - e comecei a magicar. E se esta história fosse um filme de terror? Conhecem a verdadeira história do Capuchinho Vermelho? A verdade, é que aquele doce conto que todos conhecemos, a original tem tudo menos de doce e dava realmente um grande filme de terror.

 

 

Na história que todos conhecemos, a Capuchinho Vermelho é uma menina um pouco... desobediente, tendo em conta que a mãe mandou ir para um caminho e mesmo assim ela quis ir por outro mesmo sendo perigoso. Ora, quem gosta de ir para onde não deve acaba por acontecer aquilo que não queria. Conhece o Lobo enquanto caminha para a casa da avó e depois o resto da história todos nós já conhecemos. Agora, o que acontece na história original? Acaba tudo em bem? Não. Existe algum caçador que ajuda a Capuchinho e a sua avozinha? Não. Se é uma história macabra? Sim, é uma história realmente macabra. Mas quem é que tornou estas histórias que antes eram macabras em histórias infantis? Foram os famosos Irmãos Grimm, quem não gosta destes dois irmãos? Eu adoro, não fosse eu uma viciada em histórias infantis. No outro dia fui até à livraria da Bertrand e encontrei um livro gigante com todos os contos destes dois fantásticos. Sim, eu ainda tenho que o comprar!

Voltando à verdadeira história, o caçador nunca existiu na história original. Na verdade, o caçador serviu para "acalmar" um pouco a história tendo esta um heróis, aquele que iria salvar verdadeiramente a menina e a avó das garras do lobo mau. Existe várias versões deste conto, umas mais "soft" outras... estranhas. Mas eu quis contar-vos algumas.

 

Podemos começar por esta versão, como aquela que conhecemos a Capuchinho Vermelho pergunta ao Lobo Mau qual é o caminho para a casa da Avó. E o que acontece? O Lobo explica o caminho errado e sem a menina saber segue-a e... devora-a. Resumindo, a menina nunca chega à casa da avó. A moral da história é sempre igual, como na versão dos Irmãos Grimm - Não fales com estranhos.

 

A versão mais macabra (para mim, é sem dúvida a mais macabra), é esta versão que pensando bem, dava para um bom filme de terror (mudando umas coisinhas, acrescentando outras. Sim, dava um bom filme de terror.). Depois do Lobo ter explicado o caminho errado à menina, este aproveita para chegar primeiro à casa da avó. Chega, mata e por fim, decide cozinhar com a carne da avó. O que acontece a seguir? O Lobo convida a Capuchinho Vermelho para comer aquele jantar tão "apetitoso" e depois... devora-a. Conseguem imaginar a cena? Acho que é melhor nem imaginar.

 

Existe muitas outras versões, mas quis ficar por estas. Penso que já deu para perceber o quanto estranha pode ser esta história. Sempre podem pesquisar outras versões, acreditem que existe com cada uma que... bem, é melhor ficar por aqui. Se gostarem de saber mais sobre as outras versões das (hoje em dia) histórias infantis, é só dizerem, pois posso continuar a dar-vos a conhecer outras versões de outras histórias.

 

 

http://9.fotos.web.sapo.io/i/B6814bfb0/17627505_Nc9Ea.png

4 comentários

Comentar post