Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sara in Wonderland

Ter | 28.01.14

A fada dos Livros #2

Antes de mais queria agradecer todo o vosso carinho, mensagens e claro! Todas as sugestões. Fiquei muito feliz. 

Uma das sugestões era para que volta-se com a rubrica dos livros, realmente deixei de a fazer (mas foi mesmo por esquecimento e por isso peço desculpa.) e também para voltar com a Grizelda! A Grizelda anda por aí, mas sem uma máquina fotográfica é tão difícil tirar boas fotografias. Mas ela volta... ainda esta semana. 

Mas hoje irei voltar com a rubrica " A Fada dos Livros" e irei falar do livro que estou a ler.

 

Apesar de adorar livros de fantasia e tudo o que esteja relacionado com o tema a verdade é que por vezes mudo, por norma mudo para livros históricos que também adoro. E é esse o livro de que vou falar, um livro histórico que estou a ler no momento e que estou a gostar bastante. 
Começa na altura do terramoto de Lisboa e conta a história de uma Marquesa, conhecida por Marquesa de Alorna da qual dá o titulo ao livro. 
Titulo: Marquesa de Alorna - Do cativeiro de Chelas à corte de Viena
Autora: Maria João Lopo de Carvalho
Editora: Leya - Biis
Nº de páginas: 655 páginas
Tipo de Livro: Romance, literatura, histórico
Tipo de capa: Mole
Sipnose:
"Leonor, Alcipe, condessa d’Oeynhausen, marquesa de Alorna - nomes de uma mulher única e invulgarmente plural. Chamei-lhe Senhora do Mundo. Poderia ter-lhe chamado senhora dos mundos. Dos muitos mundos de que se fez senhora. Inconfundível entre as elites europeias pela sua personalidade forte e enorme devoção à cultura, desconcertou e deslumbrou o Portugal do séc. XVIII e XIX, onde ser mãe de oito filhos, católica, poetisa, política, instruída, inteligente e sedutora era uma absoluta raridade. 
Viveu uma vida intensa e dramática, mas jamais sucumbiu. Privou com reis e imperadores, filósofos e poetas, influenciou políticas, conheceu paixões ardentes, experimentou a opulência e a pobreza, a veneração e o exílio. Viu Lisboa e a infância desmoronarem-se no terramoto de 1755, passou dezoito anos atrás das grades de um convento por ordem do Marquês de Pombal e repartiu a vida, a curiosidade e os afectos por Lisboa, Porto, Paris, Viena, Avinhão, Marselha, Madrid e Londres. 
Marquesa de Alorna, Senhora do Mundo é uma história de amor à Liberdade e de amor a Portugal. A história de uma mulher apaixonada, rebelde, determinada e sonhadora que nunca desistiu de tentar ganhar asas em céus improváveis, como a estrela que, em pequena, via cruzar a noite."
 
A minha opinião:
Ainda não tenho uma grande opinião pois ainda o estou a ler, mas pelo pouco que li estou a gostar bastante de conhecer a história de D. Leonor conhecida por Marquesa de Alorna. 
Além de a história ser interessante, gosto do facto de viajar para um outro tempo, conhecer todas as ruas de Lisboa de que falam do livro (até porque falam da rua da minha avó!). Para quem é amante de história (como eu) acho que se irá interessar ainda mais. 
Quando a minha opinião estiver concluída virei cá dizer tudo.
Nota final: Por enquanto, já poderei dar ♥♥♥♥ e meio! Mas também ainda estou no inicio do livro. Tudo pode mudar na minha nota final. Por enquanto, aconselho.

14 comentários

Comentar post