Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sara in Wonderland

Qua | 02.03.16

A importância dos contos de fadas - A Branca de Neve

Já há algum tempo que queria ter feito novamente um post deste género, até posso dizer que o primeiro que fiz (sobre os três porquinhos) foi exactamente há um ano. Hoje quis fazer novamente, aproveitei que tive mais tempo para repor as ideias, trabalhar nas minhas pesquisas e estudar um pouco mais os meus livros para fazer este post. 

Sim, hoje vou mostrar-vos o que eu acho o que nos ensina este conto, mas também mostrar tudo através do olhar de Bruno Bettelheim. 

capaneve.jpg

 Este post, mais uma vez, não é bem a minha pesquisa completa. Quis colocar aqui alguns pontos, mas mais tarde gostaria de colocar o resto. Quero começar com o "estudo" de algumas personagens e ao longo do post, também falar da sua história. Afinal, o que significa a Branca de Neve? E a madrasta? E os sete anões e a maçã? Pode ter alguns significados, mas ficaremos com estes.

A Branca de Neve, personagem central, aquela que será o nosso "Eu" no mundo. Seja em criança ou até na fase adulta. O que podemos ver ao longo da história, é a evolução da criança à fase adulta - da inocência à maturidade. 

A história pode demonstrar inicialmente problemas parentais, o pai da Branca de Neve é o amor e a madrasta será os problemas que vive a criança - apesar de pensarmos que as crianças não têm problemas, estamos enganados, cada um tem os seus problemas apesar de parecerem mínimos aos nossos olhos, aos seus olhos são os seus grandes problemas. Os sete anões poderão representar o seu tempo de dificuldades.

"(...) em a Branca de Neve, são os anos que ela passa com os anões, resolvendo problemas, que representam o seu tempo de dificuldade - o seu período de crescimento. (...)" - Bruno Bettelheim

 

"(...) Os contos de fadas preparam curiosamente a criança para aceitar o que é (...)" - Bruno Bettelheim 

Mensagens escondidas que quando somos crianças não entendemos, é verdade, mas quando voltamos a ver essas histórias a verdade é que as vemos com outros olhos, como na verdade elas nos prepararam para certos obstáculos da vida. 

Mas, na verdade a madrasta também pode representar o ego centrismo ou mesmo o narcisismo, mas mostrando assim que o excesso nunca será bom e poderá "acabar" como a malvada madrasta.

"O narcisismo é parte importante do desenvolvimento da criança. A criança tem de aprender gradualmente a transcender esta perigosa forma de desenvolvimento, (...)" - Bruno Bettelheim

Na fase em que a Branca de Neve vai viver com os anões. pode ser uma forma de preparar a criança para a vida adulta (talvez até de uma forma bem machista, ou como quem diz, fora dos tempos modernos) como por exemplo: O marido vai trabalhar (os anões) e a mulher (Branca de Neve) fica em casa a tratar do jantar e limpar a casa.

 

"(...) Branca de Neve torna-se uma boa dona de casa, tal como muitas jovens que, na ausência da mãe, olham pelo pai, pela casa e até pelos irmãos" - Bruno Betterlheim

 A Branca de Neve representa o lado bom da criança. Gosta de ajudar, partilhar e sabe-se controlar. Ao longo da história podemos ver a evolução da personagem, o que significa o passar do tempo e o amadurecimento do ego da criança.


"(...) como as próprias fadas, podem ser bons e maus, em Branca de Neve partem ao primeiro ramo (...) - Bruno Betterlheim

Outro ponto de vista dos sete anões, é que estes adoram trabalham, trabalhando arduamente de dia e noite, mostrando assim que é necessário esforço e trabalho ao longo da vida. Ou então, os sete anões também podem representar os sete dias da semana.

A maçã pode representar o fim da inocência (pois quando a Branca de Neve morde a mação, tudo muda!), o passar da criança para a vida adulta.

 

Mas no meio de isto tudo, o que representa a história da Branca de Neve?

"(...) ensina-nos que não é pelo facto de atingir-mos maturidade física que estamos intelectual ou emocionalmente prontos para a fase adulta, representada pelo casamento." - Bruno Bettelheim

 

"(...) o facto da Branca de Neve ter cuspido a maçã que a sufocava - o objecto mau que ela incorporara - marca a libertação final da sua oralidade primitiva, que representa todas as suas fixações imaturas" - Bruno Bettelheim

 

O nome Branca de Neve, que acentua somente em três cores responsáveis pela sua beleza. O branco simboliza a pureza, a inocência, a espiritualidade da criança.

Ainda tinha muito mais para colocar aqui, pois ainda há muito para descobrir. Cada conto, canta personagem de cada conto de fada, pode significar tanto nas nossas vidas enquanto crianças e adultos. Mas por hoje, ficamos por aqui...

assinatura.png

 

2 comentários

Comentar post