Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sara in Wonderland

Ter | 13.10.15

Visita à casa da avó Maria

Lembram-se de um post anterior onde falava das recordações na casa da minha querida avó? Nesse dia, quem foi visitar comigo a avó foi a Duda, mas desta vez veio a Lola. E tal como a Duda anteriormente, saiu de lá a sorrir. Como é bom e também muito engraçado ver como elas acabam sempre por sair de lá a sorrir.

visita.JPG

 Visitar a casa da avó é sempre muito bom. Bem, a minha avó na verdade vive comigo mas quando vamos até à sua casinha dá sempre para matar saudades. Por vezes, simples objectos trazem recordações ou como disse no post que falei deste tema - Por vezes, o próprio tecto da casa da avó trás recordações. E olhem que é verdade! Hoje, volto a partilhar outras recordações espalhadas na casa da avó Maria.

visita1.JPG

 Quem se lembra destes telefones? Também é verdade que se voltaram a usar, mas com os números de forma diferente. Lembro-me de atender tantas vezes este telefone, lembro-me de por vezes marcar números ao calhas só para ouvir o telefone rodar. Simples recordações que nunca as quero deixar.

visita4.JPG

 Como podem ver este meu encantamento por fadas não vem só de agora. Deste pequena que acompanho este lado da fantasia. Desde pequena tenho fadas na minha vida e quando vi esta fada na casa da minha avó, não resisti em partilhar, afinal de contas tem tudo haver com o blog. Que engraçado, mais uma vez encontrei algo relacionado com o blog na casa da minha avó. Se antes tinha encontrado um velho dicionário onde tinha a palavra fantasia, agora encontrei esta pequena fada.

visita6.JPG

 E este é o meu quadro favorito que a minha avó tem. Não sei porquê, mas adoro este quadro. Até porque todo ele se passa nas ruas perto da minha avó, isso faz com que "entre" no quadro e imagina enumeras histórias e também faz-me lembrar tanta coisa. Lisboa, eléctricos e as pedras da calçada.

visita2.JPG

 Para finalizar, temos o rádio antigo da minha avó. Já não funciona muito bem, mas lembro-me tão bem da minha avó enquanto cozinhava a ouvir os seus belos fados. É bom recordar, até porque recordar é viver. Mas não sou a única com recordações, porque aquele porquinho (que está de costas) a dizer avó, é uma recordação que a minha avó tem minha. Fui eu que fiz aquele porquinho e como fico feliz quando vejo estas pequenas coisas.

visita3.JPG

 E como no post anterior sobre as recordações na casa da avó tínhamos a Duda a sorrir. Neste, deixo a Lola Maria a sorrir para vocês. Porque quando vamos a casa da avó, somos todos felizes a recordar!

assinatura.png

 

 

 

5 comentários

Comentar post